Segundo o IBGE o Brasil tem 05 classes sociais, sendo: Classes A, B, C, D e E. As três primeiras, A, B e C se dividem em duas outras subclasses. Sendo (A1 e A2, B1 e B2 E C1 e C3). Dados de 2010 demonstram os seguintes valores de rendimentos per capita familiares.

Nota: essa tabela abaixo é meramente ilustrativa, pois ela é muito criticada por diversos órgãos que utilizam outros critérios para avaliar os rendimentos das famílias dessas classes sociais. Para quem quer realmente entender esse assunto, a melhor alternativa é realizar pesquisas mais aprofundadas na Internet.

Rendimentos familiares mensais:

Classe social

Rendimentos per capita R$

A1

14.500,00

A2

9.850,00

B1

5.350,00

B2

2.950,00

C1

1.650,00

C2

1.100,00

D

750,00

E

410,00

Em diversas pesquisas na Internet encontramos dados que desconsideram esses valores financeiros e estabelece o valor de 20 mil reais mensais por família como o ponto decisório da calcificação de ricos brasileiros. Obviamente, nesses mesmos casos há os acréscimos financeiros das subclasses de A, B e C e a manutenção dos valores da subclasse C2 e das classes D e E.

Sem querer adentrar nos hábitos de consumo dos brasileiros, podemos utilizar o critério de classificação social do setor imobiliário como balizador da classe de alto padrão. Segundo esse setor, um imóvel é considerado de alto padrão quando ele tem o preço do metro quadrado superior a 05 mil reais. Sendo que a média nacional dessa categoria é 08 mil reais por metro quadrado.

Os clientes desses empreendimentos têm rendas mensais familiares próximas a 25 mil reais. Ou seja, mais de 10 mil reais a mais que as pessoas ditas da classe A1, segundo os critérios estatísticos do IBGE. Os clientes de imóveis de alto padrão têm no mínimo 02 imóveis próprios, possuem mais de 02 carros (no mínimo 01 importado), fazem no mínimo 02 viagens internacionais por anos, fazem viagens quase que mensais de turismo nacional e freqüentam as grandes lojas de marcas valorizadas no mercado de consumo.

No caso em estudo, a clientela das clínicas de alto padrão são as pessoas das classes A e B, segundo os critérios indicados pelo modelo de alto padrão das empresas imobiliárias.

Uma vez entendido esses detalhes vamos conhecer como se estrutura uma clínica médica de alto padrão e como ela funciona.