A empresa médica precisa de alguns livros de escrituração fiscal, como:

Livro Diário – registra todos os fatos de entradas e saídas patrimoniais, tanto econômicas como financeiras, em ordem cronológica, não podendo ser rasurado ou borrado. Exemplo: recebimento de doação; pagamento de salários etc.

Livro Razão – Registra a situação contábil do fato ocorrido, dando ênfase nos termos contábeis referentes à ocorrência, à data e ao valor.

Livro Caixa – Registra as entradas e saídas de dinheiro do caixa. Hoje em dia, em razão das facilidades da utilização de contas correntes bancárias, o dinheiro que fica na organização é apenas a quantia denominada “fundo fixo”. Saiba mais aqui!