Todas as empresas buscam reduzir os seus custos através de medidas e ações administrativas. Na maioria das vezes os resultados obtidos não representam os desejados porque não há um programa de redução de custos, mas sim, algumas ações isoladas. Vejamos a seguir alguns erros encontrados em diversos programas de redução de custos:

  1. Não ter planilha de custos setorizada por centros de custos;
  2. Não saber como fazer um programa de redução de custos;
  3. Estabelecer um valor linear de cortes de despesas para se aplicar sobre os custos totais da empresa;
  4. Iniciar o programa de controle de custo realizando demissões de pessoal;
  5. Copiar cegamente um programa de redução de custos alheio;
  6. Não dar o exemplo de redução de custos;
  7. Não delegar a responsabilidade do programa redução de custos;
  8. Não envolver todos os empregados no programa redução de custos;
  9. Não buscar ajuda profissional.

Normalmente os programas de controle de custos sem embasamentos técnicos provocam perdas e danos na empresa, como:

– Diminui a produção;
 – Alterar qualidade dos serviços;
 – Impacta negativamente a imagem/credibilidade da empresa;
 – Desmotiva o pessoal
 – Diminui a receita financeira;
 – Diminui a clientela;
 – Aumenta o prejuízo;
 – Aumenta os custos anuais.