CAPA SIS NOVAConheça o guia de implantação do Sistema  Independente de Saúde (SIS). [Saiba como implantar].

Serviço exclusivo de relatório especial de consultoria. SIS. Entenda como funciona o sistema que mais cresce no Brasil.

Enquanto muitos profissionais da área de saúde viviam sobre os queixumes diuturnos provocados pelas difíceis relações comerciais para com os convênios médicos e planos de saúde, algumas pessoas empreendedoras do segmento de saúde viram que era possível ganhar muito dinheiro exatamente com o grupo de clientes expurgados pelos planos de saúde. Esses empreendedores criaram o modelo de Sistema Independente de Saúde. O SIS.

Como bem se sabe no mercado brasileiro os planos de saúde e convênios médicos não têm interesses sobre os planos individuais, que segundo essas empresas, dão prejuízos. Por esse motivo, quem não tem plano de saúde empresarial ou organizacional recorre aos serviços do SUS e em última estância, quando possível, paga pelos serviços médicos particulares.

Na verdade, a realidade social brasileira mostra que as pessoas não querem pagar mensalidades para ter serviços médicos sem qualidade, – coisa, por sinal, muito comum entre os pequenos planos de saúde do Brasil.

Os clientes brasileiros de serviços médicos querem cada vez mais serviços de qualidade e pagam – quando necessário -, valores justos pelos serviços particulares.

Visando atender exatamente essa clientela expurgada do mercado de saúde privado do Brasil, surgiram os modelos de Sistema Independente de Saúde (SIS), que se tornaram sucesso em todo Brasil.

O modelo SIS tem sido a melhor opção de acesso aos serviços médicos de qualidade para as pessoas que não querem ou não podem pagar mensalidades de planos de saúde. Além disso, o SIS tem sido um grande coadjuvante dos governos, uma vez que dá acesso rápido e acessível aos serviços médicos privados de qualidade para quem não consegue acesso imediato ao SUS nem aos planos privados de saúde.

SAIBA MAIS AQUI! (informações do conteúdo, formas de compra e artigo complementar)