Algumas pessoas acham que o mercado de clínicas médicas populares no Brasil é apenas uma onda mercadológica passageira e que o aumento expressivo do número desse tipo de empresa vai estagnar em breve o mercado nacional.

Outras pessoas questionam o por que do fracasso de algumas clínicas populares exatamente nos mesmos palcos onde outras empresas, dos mesmos portes e modos de operações, prosperam significativamente e auferem grandiosos e expressivos lucros e resultados.

Para responder essas perguntas é necessário entender de dois fatores fundamentais para o sucesso ou o fracasso de clínicas médicas populares: primeiro, (a) – entender o mercado de saúde no Brasil e segundo, (b) – conhecer os sistemas de gestão de empresas médicas.

Estes dois fatores que são fundamentais para a consolidação desse tipo de empresa.

Em verdade, não há nenhuma onda mercadológica de clínicas médicas populares no Brasil. O que para algumas pessoas pode ser “a onda da vez” em termos de lucratividade, é na realidade, apenas a consolidação de um mercado que começou com sérios tropeços nos anos oitenta do século passado e que na primeira década desse século se consolidou, principalmente devido ao profissionalismo de investidores e gestores deste tipo de empresa.
Os modelos de clínicas médicaspopulares que fracassaram nas últimas décadas foram exatamente aqueles que utilizaram o amadorismo como âncora para seus investimentos ou, – o mais cruel dos erros: a falta de conhecimentos de sistema de gestão de empresas médicas.

Pode-se, em princípio, dizer que uma empresa médica é apenas mais um tipo de empresa de prestação de serviços que atua no mercado brasileiro.

Contudo, quando trata-se de empresas ligadas à saúde humana as regras impostas sobre estes tipos de empresas precisam atender diversas normas e práticas éticas, técnicas e profissionais que diferem significativamente a empresa médica dos demais pares operacionais.

É exatamente neste ponto que muitos investidores neófitos naufragam quando empreendem no mercado de clínicas médicas populares, sem conhecê-lo profundamente.

É bom que se diga que a clínica médica popular não é apenas uma empresa de prestação de serviços. Este tipo de empresa deve, prioritariamente atender, além das regras mercadológicas brasileiras, os dispostos no Código de Ética Médicas e as Resoluções Normativas dos seus órgãos classistas.

Sem o profundo conhecimento das peculiaridades técnicas, operacionais, tributárias, formas de pagamentos de prestadores de serviços e distribuições de lucros auferidos, por certo o negócio de clínicas populares malogra e fracassa.

Uma coisa é certa: o mercado de clínicas médicas populares não é uma onda passageira. Afinal, nos últimos 20 anos este mercado vem crescendo e se consolidando em nosso país. Porém, todas as empresas de sucesso que atualmente operam neste mercado foram criteriosamente analisadas e implantadas sobre rigorosos sistemas de planejamento, análises mercadológicas e gestão empresarial.

Pode-se seguramente afirmar que não há amadorismo entre as clínicas médicas populares de sucesso no Brasil e quem souber surfar nessa onda obterá os mesmos resultados dos investidores profissionais.

Quem, por ventura, aderir ao amadorismo e ao método “Ctrl + C “ de modelos de clínicas médicas populares, por certo sucumbirá.

Portanto, conhecimento é o fator determinante para o sucesso deste tipo de empresa.
Investindo inicialmente neste item, você também alcançará o sucesso.